Como Importar Para uso Próprio ou para Revender – Guia Completo

Tempo de leitura: 7 minutos

Primeiramente a importação é uma EXCELENTE maneira de você comprar produtos de marca para seu uso próprio, e pagar muito mais mais barato por isso.

Mas, por estar no ramo da importação há algum tempo, vejo muitas pessoas querendo dar um passo além e por isso me questionam quais são os primeiros passos de como importar para revender.

Porém, muitas pessoas que não conhecem o ramo da importação perguntar se essa atividade é fácil, legal e quanto devem gastar. Eu sempre respondo, de início, que importar pode se tornar sua principal fonte de renda se levado a sério, ou uma forma de ganhos extras se trabalhado esporadicamente.

Nós do Curso Como Importar já assamos algumas dicas valiosíssimas de lojas e fornecedores, além do passo a passo de como iniciar no ramo da importação. Esse artigo, no entanto, foi feito para esclarecer ainda mais o que é e como iniciar no ramo da importação para revender, tendo altos lucros com isso.

 

Porque Eu Devo Importar Para Revender?

Essa é uma questão fácil de responder: porque simplesmente produtos de marca famosas que aqui custam caríssimos podem ser comprados no exterior por um valor até 4x menos.

Veja abaixo um exemplo simples dos produtos da marca Aussie, que é sensação do momento entre as mulheres e os profissionais no ramo de beleza.

preço-aussie-brasil-estados-unidos

Agora vou dar o exemplo das camisetas da marca Hollister, famosas no mundo inteiro, mas que aqui no Brasil são vendidas por um preço surreal se compararmos com os Estados Unidos.

Como-importar-dos-eua

Independente se você deseja importar um Iphone ou um par de tênis da Adidas, por exemplo, para você mesmo usar ou para revenda, aprender como importar é um dos melhores negócios que existem, pois a economia que você terá a curto prazo é muito grande.

E como nosso objetivo aqui é aprender como importar para revender, saiba que os produtos de marca famosas são muito fáceis de serem vendidos. Ou seja, quanto mais você importa, mais vende e lucra com isso.

Quais as Formas de Importar para Revender?

Empresas de trading: A primeira forma de importar é através de empresas de Trading. Essas empresas fazem a ponte entre os fornecedores estrangeiros e contratante (você). Essa é mais indicada para quem já possui uma estrutura bem grande de importação, como empresas que já atuma a bastante tempo no mercado, pois as companhias de Trading cobram taxas altas em cima dos produtos.

Desembaraço Aduaneiro: nesse tipo de importação você também terá que ter uma empresa  pois ela deve ser cadastrada pelos órgãos federais para executar esse serviço, ou contratar um serviço de outras empresas. O imposto sobre as mercadorias que você compra podem variar muito, mas gira em torno de 10% a 100%.

Importação por Dropshipping: nesse tipo de importação (ou a pessoa) contrata um serviço de entrega de produtos direto ao comprador. Por exemplo: você passa a vender perfumes na internet, no seu site próprio ou no Mercado Livre, por exemplo, e informa no anúncio que seu produto será entregue em um prazo de uns 40 dias, pois ele se encontra na China. Assim que o consumidor efetuar a compra, você faz o pedido para o fornecedor e ele envia o produto direto para o comprador. Essa é uma prática bem famosa de se importar, porém é um pouco arriscada para todas as partes do negócio.

Importação Direta: essa é a mais simples e também a mais indicada para quem está iniciando no ramo da importação. Ou seja, se você deseja saber como importar para revender essa é a melhor maneira de você fazer isso, porque é basicamente comprador (você) e fornecedor (lojas oficiais em outros países) que fazem parte do início do negócio. Existem impostos a serem pagos nessa modalidade também, mas eles são muito mais baixos do que outras formas.

como-importar-para-revender

Como Começar a Importar e Ter Lucros Altos

1. Escolha o Produto Correto

Ao iniciar no ramo da importação é normal que você se depare com o excesso de informações e dúvidas. Uma das maiores é o que comprar para revender, já que existem centenas de milhares de opções disponíveis no mercado estrangeiro.

No começo é normal ficar perdido mesmo com o que você vai escolher. nesse caso minha dica é: saiba qual o perfil das pessoas que irão consumir os produtos que você pretende vender. Se são pessoas de pouca idade geralmente gostam de determinadas marcas, e as mais velhas costumam gostar d outras.

Outra dica é escolher produtos que as pessoas queiram, porém baratos, afinal é muito mais fácil de vendê-los e seu retorno financeiro sobre o valor investido ainda sim vai ser excelente.

2. Saiba Identificar os Melhores Fornecedores

Escolher bem quem vai fornecer suas mercadorias é um dos principais pilares de qualquer negócio, pois só com a garantia de que os produtos tem qualidade e são entregues no prazo é que você conseguirá construir uma boa base de confiança e credibilidade com seus clientes.

Buscar parceiros profissionais, que tem comprometimento, vai fazer de você um importador profissional muito mais rápido.

Existem inúmeros fornecedores de confiança em que você pode importar com tranquilidade. Veja alguns deles aqui: Fornecedores.

3. Só Comece a Vender Com Estoque Próprio

Alguns encomendas internacionais demoram a ser entregues. Isso se dá por conta de diversos fatores como distância e o tipo de frete escolhido por você ao efetuar a importação.

Mas o que geralmente causa essa demora toda é quando o produto é recebido no Brasil, pois ele passa um bom tempo no depósito da Receita Federal, mesmo depois de conferido, até que seja liberado para ser entregue em sua residência. Isso demora mais ainda se for um período comemorativo como natal ou dia das mães, por exemplo, que é quando as pessoas importam mais e os depósitos da Receita ficam lotados.

Por isso tenha ciência que essa demora pode ocorrer, então não inicie a venda para seu cliente sem ter o produto em mãos, pois isso pode causar um desconforto, além da venda ser cancelada.

Também sabemos que alguns produtos tem valor mais elevado para começar a fazer um estoque considerável, portanto, como falei anteriormente, inicie revendendo mercadorias mais baratas. Assim você terá mais controle sobre seu negócio.

Você pode sim começar um negócio físico como uma loja, por exemplo, mas saiba que através da internet seus custos de manutenção são muito mais baixos. Além disso também conseguirá atingir clientes no Brasil inteiro.

E através desse sites que eu citei acima você tem como oferecer várias formas de pagamento e com toda a segurança possível. É, com certeza, a melhor maneira de oferecer seus produtos.

5. Aprenda a Calcular suas Finanças

Saber calcular quanto se gasta, qual o valor que se deve vender e qual o lucro que você terá é o básico para todos os negócios.

Passe anotar todos os gastos que você tem com mercadoria, frete, taxas, quanto entra de dinheiro e quanto ganhará de lucro em cada venda. Esse controle é essencial para você se tornar um importador profissional.

Caso não tenha conhecimento sobre esses assuntos, existem alguns vídeos no youtube que ensinam a fazer esse controle financeiro básico.

Quanto Cobrar na Revenda de Um Produto?

Eu costumo cobrar de 20% a 30% menos do que os produtos vendidos nas lojas brasileiras. Mesmo com essa diferença de preço, junto com as dicas dadas no Curso Como Importar, você conseguirá atingir cerca de 100% de lucro nas suas vendas.

Se os produtos forem comprados da China, seus lucros podem ser ainda maiores.

Como dar os Primeiros Passos

Foco e determinação é a chave para qualquer objetivo.

No início pode parecer um pouco complicado, pois você ainda está aprendendo como importar para revender, buscando informações através de conhecidos e na internet.

Porém a forma mais rápida de começar a importar é buscando informações em valiosas, como as que disponibilizamos aqui no blog, e através de cursos especializados, pois só assim você seguirá os passos corretos para iniciar no ramo da importação lucrando muito com isso, ou simplesmente economizando bastante ao comprar produtos para seu uso.

 

Curso citado no artigo: Curso Como Importar

Você Gostou do Artigo?
Então faça como os outros 1675 leitores que já assinaram nossa lista para receber DICAS EXCLUSIVAS DE IMPORTAÇÃO. Nós nunca iremos compartilhar seu e-mail com outra pessoa.

Sobre Mike Santos

Empreendedor com mais de 7 anos de experiência no ramo da importação. Após perder bastante dinheiro comprando produtos de marca caros, resolveu aprender a importar dos Estados Unidos e China. Adquiriu bastante experiência e conhecimento. Hoje se dedica a passar tudo que foi aprendido com os alunos do Curso Como Importar.

Deixe uma resposta